//Comitê Gestor de Simplificação se reúne para discutir desburocratização

Comitê Gestor de Simplificação se reúne para discutir desburocratização

Nesta segunda (19) foi inaugurada a Sala do Empreendedor, e Plano Estratégico de Gestão Municipal já está tendo os devidos encaminhamentos para sua elaboração

Na tarde desta segunda-feira (19 de março) profissionais técnicos do Município se reuniram no Parque Órion para tratar sobre a desburocratização, uma das 34 ações do Programa Cidade Empreendedora, do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com apoio da prefeitura de Lages. Para tal foi formado um Comitê Gestor de Simplificação, composto pelo vice-prefeito, Juliano Polese, e pelas secretarias da Administração e Fazenda, de Serviços Públicos e Meio Ambiente (Fiscalização), da Saúde (Vigilância Sanitária) e do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sala do Empreendedor) e Diretoria de Fiscalização Tributária. A consultora do Sebrae para a Desburocratização, Sueli Lira, salienta que a ideia é simplificar a formalização de pequenos negócios no município e junto trazer orientação e capacitação aos empreendedores.

A desburocratização é um dos itens constantes no Cidade Empreendedora. O projeto contempla como principal objetivo a abertura de empresa de baixa complexidade em cinco dias, criando, desta forma, uma integração entre todos os órgãos envolvidos no licenciamento de empresas. O Município vem, desde 2017, desenvolvendo ações para alcançar esta meta, e a desburocratização é mais um meio. “Hoje (segunda-feira, 19) foi inaugurada a Sala do Empreendedor e nesta mesma data inicia a consultoria para a elaboração do Plano Estratégico de Gestão Municipal. Lages está se preparando para o futuro e criar ferramentas para que seja um município atrativo aos negócios é um dos fortes papeis do Poder Público e com o conhecimento do Sebrae teremos uma melhor estrutura de conhecimento para formar, obviamente que dentro da licitude, mecanismos de facilidade e agilidade em resposta às demandas do empresariado”, justifica Juliano Polese.

O Cidade Empreendedora disponibilizará ao Município soluções em consultoria e capacitação para a implantação de políticas de desenvolvimento, com aprimoramento e fortalecimento do ambiente de negócios. A proposta do Sebrae é a implantação e desenvolvimento de 34 soluções. Entre as atividades estão a identificação de atores do desenvolvimento, desburocratização, criação da Sala do Empreendedor, educação empreendedora, levantamento de oportunidades, Plano Estratégico de Gestão Municipal, gestão estratégica orientada para resultados e o Plano de Desenvolvimento Econômico Municipal.

Fazem parte do Comitê Gestor o vice-prefeito, Juliano Polese; o gerente na Secretaria do Desenvolvimento, Amauri Bacci; Leonardo Spuldaro, da Sala do Empreendedor; diretor de Fiscalização, Alexandre Martins; a diretora de Vigilância em Saúde, Regina Martins, e a gerente de Fiscalização da Secretaria de Serviços Públicos, Marinês Roque.