//Expofeira Multissetorial de Campo Belo do Sul será lançada nesta quarta-feira

Expofeira Multissetorial de Campo Belo do Sul será lançada nesta quarta-feira

“Uma oportunidade de relacionamento e de negócios”. Assim os organizadores estão tratando a 1ª Expofeira Multissetorial de Campo Belo do Sul, que terá lançamento oficial na tarde desta quarta-feira (28), na praça de alimentação do Lages Garden Shopping.

O evento primeiro do gênero na Serra Catarinense com esta característica, acontece dias 27 e 28 de abril, no parque de Exposições do Sobradinho. De acordo com Luiz Carlos de Moraes, presidente do Sindicato Rural de Campo Belo do Sul, o município vai colher este ano quase 800 mil sacos de soja e se fortalece ainda mais, como celeiro da produção de grãos na Serra Catarinense.

“Nosso propósito é oportunizar o intercâmbio entre os setores produtivos, seja da pecuária, agricultura ou da silvicultura. O agronegócio é o esteio da economia do Brasil e Campo Belo do Sul tem uma grande contribuição nesse processo com mais de 1,5 milhão de sacas produzidas este ano entre milho, soja e feijão”, disse Luiz de Moraes.

O prefeito José Tadeu Martins de Oliveira, lembra que na década de 1980 Campo Belo do Sul começou a diversificar sua atividade econômica voltada até então, para a pecuária de corte. “Foi nesse período que tivemos a expansão da agricultura com a introdução de novas tecnologias. Junto, o setor madeireiro aprimorou a qualidade das florestas e hoje este tripé é o alicerce da nossa economia”, garante o prefeito.

No lançamento da Expofeira Multissetorial que acontece a partir das 17 horas, será apresentado um vídeo institucional que mostra o tripé da economia de Campo Belo do Sul. Será exibida também, a programação do evento que contempla Dia de Campo; Exposição de Máquinas e Implementos; Palestras Integração Lavoura-Pecuária; Feira do Terneiro e da Terneira e dentre outros atrativos, Exposição de Veículos Antigos e Veterancar.

Produção de referência

Os produtores rurais de Campo Belo do Sul têm uma máxima: “Produzir bem não basta, tem de produzir com qualidade”. E é neste contexto que o município está sendo reconhecido como referência na produção de sementes, madeira e pecuária.

Dados da Secretaria de Estado da Fazenda apontam que em 2016, o agronegócio movimentou mais de R$ 134 milhões em Campo Belo do Sul. Com destaque para atividade florestal que sozinha gerou mais de R$ 50 milhões em valor adicionado no período.

Hoje Campo Belo do Sul exporta madeira para os Estados Unidos, sementes de soja para Argentina e Paraguai e carne (terneiro vivo) para Turquia. “Temos uma das melhores sementes de soja do Brasil. Tanto que já somos fornecedores de sementes para lavouras em Mato Grosso, São Paulo, Paraná e regiões como Minas Gerais. Nosso clima é muito favorável a produção de grãos-semente”, afirma Luiz Carlos de Moraes.

A produção de semente de soja específica para uso em novas lavouras é feita através das cooperativas da Coopercampos e Cooperplan. Há dois anos, os produtores vêm aprimorando esta modalidade de produção agregada que remunera entre 10% e 15% a mais por ser grão voltado especialmente para semente, com genética aprimorada e armazenagem diferenciada.

E durante a Expofeira Multissetorial será incentivado o intercâmbio entre os setores do agronegócio num evento que promete entrar para o calendário das feiras da Serra Catarinense.