Para adequar sistema ao novo modelo de RG, agendamento no site do IGPSC foi bloqueado de 25 a 29 de outubro

o Instituto Geral de Perícias de Santa Catarina (IGPSC) informa aos cidadãos que no período de 25 a 29 de outubro o agendamento de horários no site para atendimento presencial estará bloqueado. Isso porque não haverá atendimento presencial na semana do lançamento da nova identidade de número único para RG e CPF, que está marcado para o dia 03 de novembro. A mudança e os respectivos testes de garantia do êxito na implementação ocorrerão entre os dias 01 e 05 de novembro, por isso, nesse período os postos de identificação em todo o estado estarão fechados para a reprogramação dos sistemas atualmente em uso.

O diretor de Identificação, perito criminal Fernando Souza, explica que a suspensão no atendimento é necessária para capacitação das equipes na emissão do documento com a nova rotina, além de ser crucial para o encerramento da fila de produção dos últimos documentos com o formato atual e, por fim, para a efetiva virada de chave do sistema. Os postos de atendimento só estarão disponíveis para os cidadãos que necessitem buscar seu documento de identidade.

“A data do lançamento do novo RG com número único foi escolhida para tentar minimizar os impactos da suspensão dos atendimentos sobre os cidadãos, já que teremos uma semana curta por conta do ponto facultativo do dia 01/11 e do feriado no dia 02/11. Dessa forma, para realizar a transição do sistema atual para a plataforma do novo RG será necessário bloquear apenas os agendamentos para atendimento presencial nos dias 3,4 e 5 de novembro. Quem entrar no site no período de 25 a 29 de outubro para agendar horário de atendimento não vai conseguir”, conclui.

A partir do dia 01 de novembro o sistema de agendamentos no site do IGPSC já estará liberado ao público. Os atendimentos presenciais para requerer novas carteiras de identidade em Santa Catarina retornarão ao normal a partir do dia 08 de novembro e, a partir desta data, todos os documentos de identificação emitidos em Santa Catarina passarão a ter o número do CPF como chave única.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!