Prefeitura de Lages faz serviço “meia boca” e prejudica transporte escolar no interior do município

A estrada geral da localidade de Mirante, no interior de Lages, está em péssimas condições de trafegabilidade. Nesta quinta-feira (18), um ônibus do transporte escolar ficou atolado enquanto transportava alunos da região. Sem conseguir vencer o lamaçal, o veículo chegou a retornar da metade do caminho, prejudicando estudantes que residem na localidade.

Os moradores relatam que o ônibus chegou a atolar duas vezes, num trecho de cerca de 600 metros de extensão e só conseguiu sair do atoleiro com a ajuda de um morador, que usou um trator para desencalhar o veículo. “Não é de acreditar, mas a estrada inteira está um atolador só”, reclama uma moradora.

A situação se agravou depois que uma equipe da Prefeitura realizou o patrolamento da via, mas não colocou cascalho para evitar a formação de atoleiro. Com as chuvas registradas no município, a estrada virou um lamaçal, afetando não apenas o transporte escola, mas a locomoção de toda a população.

A comunidade está indignada com a situação e cobra uma solução por parte da Prefeitura. Se com chuva o problema são os atoleiros, nos dias de sol, o problema é a poeira. “A situação está complicada”, finaliza a moradora.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!