Escola do Legislativo promoveu cursos e capacitações na área da comunicação social

A parceria entre as Escolas do Legislativo da Serra e da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, junto com a União das Câmaras de Vereadores da Região Serrana (Uveres), proporciona a realização de diversos treinamentos com diferentes temáticas. Nesta semana, parlamentares de Lages e de municípios da região, além de servidores dos poderes Legislativo e Executivo, acadêmicos de jornalismo e público externo em geral tiveram a oportunidade de aprimorar ou conhecer técnicas e ferramentas que contribuem para uma comunicação clara, objetiva e eficaz.

Na quarta-feira (dia 17) foi ministrado o treinamento de Oratória, com a jornalista Juliana Germann, especialista em comunicação eficaz e media training. Segundo ela, muitos fatores envolvem esta construção e é preciso entender os pontos que podem fazer a diferença. “Os domínios técnicos se relacionam entre emocional, voz, expressão corporal, conteúdo e o olhar, portanto, precisamos conhecê-los para encararmos o desafio de falar bem. Não basta abrir a boca e disparar palavras, tem que ter entusiasmo e confiança”, observou Juliana.

No dia seguinte foram realizados treinamentos de uso estratégico do WhatsApp na comunicação política, com o jornalista João Paulo Borges, e nas redes sociais com práticas e engajamento, com o especialista em Marketing Digital, Rodrigo Stupp.

A primeira abordagem se deu em torno das reflexões sobre o dia a dia no uso da ferramenta, uma das mais utilizadas na comunicação, além de conscientizar quanto aos cuidados em relação ao compartilhamento de notícias falsas (Fake News) e a necessidade de estimular o uso com sabedoria e estratégia. “A funcionalidade do aplicativo está em nossas mãos, entretanto temos que saber usá-lo. A melhor forma de evitar problemas é checar a informação e as fontes, além disso, os comunicadores, jornalistas e agentes públicos devem contribuir com informações úteis e relevantes à sociedade, dar qualidade ao conteúdo e fazer o que é certo”, disse JP Borges.

Na oficina de Redes Sociais foram trabalhados três pilares: relacionamento, conteúdo e posicionamento. Com foco principal na figura pública, o tema foi direcionado no sentido de perceber se o discurso é condizente com suas ações. Segundo o palestrante, se um desses tripés é retirado, a tendência é o engajamento cair. “Se você não criar bons conteúdos e mecanismos de interação, não há relacionamento, também não haverá engajamento e você passa a não existir nas redes. Nós trazemos estratégias e ferramentas que ajudam a melhorar o visual, a dinâmica e sua atuação nas mídias e plataformas para gerar os itens citados como tripé desta forma de comunicação”, ponderou Rodrigo.

Presidente da Escola do Legislativo da Serra, a vereadora Katsumi Yamaguchi (Progressistas) destacou a relevância dos temas e como isso contribui no desenvolvimento pessoal. “A comunicação tem seus objetivos, porém, uma ideia pode se perder por não ter uma forma eficaz de explicação para entendimento por parte do receptor da mensagem. Os temas abordados ajudam no nosso dia a dia independente da área em que atuamos, cada um que teve esta oportunidade sairá daqui com um pouco mais de conhecimento para a sua vida”, ressaltou a parlamentar.

Para o presidente da Câmara de Lages, Gerson Omar dos Santos (PSD), esta foi mais uma oportunidade de contribuir com aqueles que buscam melhorar sua atuação independente do segmento. “Os cursos são de extrema qualidade, gratuitos e disponibilizados para todos os públicos. Fico feliz em poder dar a minha colaboração como presidente desta Casa e da Uveres, e pela participação dos vereadores e de servidores públicos de outros municípios, o que valoriza a parceria que temos com as escolas legislativas da Serra e da Alesc e reforça o nosso compromisso com a sociedade”, afirmou.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!