Palmeira realiza reunião para criadores de ovelhas

Tradicionalmente, o Brasil concentra o seu rebanho ovino nas regiões Sul e Nordeste, sendo o 14º maior produtor de ovinos no mundo, com um plantel estimado em 17,6 milhões de cabeças, produtoras de lã e carne. Isso representa cerca de 1,6% da produção mundial, segundo o IBGE. O município de Palmeira faz parte desta estatística, contatando com mais de 25 produtores de ovinos. Neste último sábado (20), a Associação de Criadores de Ovinos de Palmeira (ACOP) realizou uma reunião com os ovinocultores de Palmeira e região, no  salão paroquial da Igreja Católica no centro da cidade.  

A reunião foi iniciada pela presidente da ACOP, Allana Andrade de Jesus, que  apresentou os projetos e funcionamento da associação. Em seguida a zootecnista, Beatriz do Nascimento, palestrou sobre o manejo nutricional de matrizes na fase reprodutiva e de cordeiros até o desmame. Conduzindo também a reunião, o engenheiro agrônomo da Epagri, Clayrton Accacio Cruz da Silveira, falou sobre o programa de linhas de crédito para fomentar a ovinocultura. Segundo Clayrton, a cada ano o rebanho e a qualidade dos animais  está crescendo. “A ovinocultura possui um grande potencial de desenvolvimento da cadeia produtiva no município de Palmeira e isso tende a crescer muito, pois temos condições climáticas e área suficiente para isso. O mercado já aponta a direção para aonde vai o consumo interno, pois a ovelha nos proporciona a carne, leite, lã e couro”, comenta o engenheiro agrônomo. 

Em 2018 surgiu a ACOP, e um dos objetivos é a capacitação de produtores para melhorar cada vez mais os sistemas de produção e consequentemente entregar ao mercado um produto de qualidade. A associação  conta com a participação de produtores de Palmeira e também dos municípios vizinhos, tendo como próxima missão o aumento da produção e o número de sócios para o fortalecimento 

O evento contou com apoio da  Epagri 30 anos,  a ACOP,  Prefeitura Municipal de Palmeira e Sicoob Credisserrana.

Por Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Palmeira 

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!