Ceron ganha na Justiça direito de nomear diretores nas escolas

Os desembargadores do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) julgaram procedente uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) da lei que previa eleições para a escolha de diretores das escolas da rede municipal de ensino de Lages. A decisão dos magistrados foi unânime. O julgamento ocorreu nesta quarta-feira (1).

A decisão do TJ terá desdobramento direto nas escolas. As unidades de ensino estavam na iminência de realizar as eleições, com os candidatos fazendo campanha, e agora terão que reavaliar o processo. Isso porque, à luz da decisão da Justiça, o prefeito Ceron terá autonomia para nomear os diretores, e uma possível eleição se tornaria sem efeito.

O Executivo e o Sindicato dos Profissionais de Educação de Lages (Simproel), duas partes envolvidas na questão, ainda não se pronunciaram sobre o assunto.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!