Prefeito Ceron entrega mais um Ecoponto na cidade

Este é o quinto Ecoponto instalado na cidade. Além do bairro São Paulo já foram contempladas as comunidades dos bairros Guarujá, Sagrado Coração de Jesus, Araucária e Universitário

A Prefeitura de Lages, através da Diretoria de Resíduos Sólidos da Secretaria Municipal de Águas e Saneamento (Semasa), instalou mais um Ecoponto para a coleta de material reciclável e lixo eletrônico na cidade. A estrutura foi montada na rua Alcides Baccin, no bairro São Paulo, ao lado da empresa GTS do Brasil. A entrega oficial à comunidade foi realizada nesta segunda-feira (13 de dezembro) e contou com a presença do prefeito AntonioCeron, do vice Juliano Polese, do secretário da Semasa, Jurandi Agustini, do diretor de resíduos sólidos, Milton Matias Filho, e autoridades.

A instalação no bairro São Paulo foi um pedido especial da empresa GTS, que já contava com uma campanha interna de separação do lixo reciclável junto aos seus funcionários, sob coordenação de Sirlene Bisol. O espaço no terreno para que a estrutura fosse colocada foi uma doação do proprietário Luiz Fernando da Sigla.

A intenção é beneficiar também as outras empresas no seu entorno. “Lages vem avançando muito nas questões de preservação do meio ambiente. Separar e planejar um destino correto para os resíduos sólidos é tão importante quanto o tratamento do esgoto sanitário, que já chegamos a 70% de cobertura na cidade”, destaca o prefeito Antonio Ceron.

Este é o quinto Ecoponto instalado na cidade. Além do bairro São Paulo já foram contempladas as comunidades dos bairros Guarujá, Sagrado Coração de Jesus, Araucária e Universitário. O primeiro foi instalado na sede do Guarujá Social, na avenida 31 de Março, em seguida no terreno anexo ao ginásio Jones Minosso, também nos fundos do Caic Nossa Senhora dos Prazeres e outro no pátio do ginásio Ivo Silveira.

Os Ecopontos têm sido sucesso entre os moradores, que separam o lixo e descartam corretamente nos espaços específicos para cada categoria. A média de coleta é de aproximadamente 500 quilos por semana, totalizando quase duas toneladas por mês em todos os Ecopontos.

De acordo com o diretor Milton Matias, mais três Ecopontos serão instalados em breve. Um deles será na área anexa ao Centro Dia do Idoso, no bairro Centenário e os outros dois ainda serão definidos, mas o objetivo é dar cobertura também à área central da cidade.

O que são Ecopontos?

O Ecoponto nada mais é que um container preparado e destinado à entrega voluntária de resíduos sólidos por parte da população. Possui um sistema de recolhimento de lixo reciclável com divisórias para materiais específicos. O container é dividido em compartimentos coloridos, sendo o amarelo para depósito de alumínio e metal, a parte vermelha para o plástico, o azul para papel e papelão, no verde para vidro e na parte laranja pilhas, baterias e outros materiais eletrônicos.

Empresas serão responsáveis pela destinação correta do lixo

O recolhimento e destinação correta dos materiais são de responsabilidade da Cooperativa de Trabalho dos Catadores de Materiais Recicláveis de Lages (Cooperlages) e da empresa Eco Centro Sul, que trabalha com materiais eletrônicos descartados. O serviço é feito semanalmente, ou conforme a quantidade de lixo depositada nos containeres.

As empresas ou moradores ainda podem ligar e solicitar que o lixo eletrônico seja recolhido em suas residências. O número para contato é o (49) 3224-1218 ou pelo whatsapp 98412-6631. São recolhidos desde pilhas, baterias ou eletrodomésticos descartados.

A população precisa ficar atenta aos materiais permitidos no Ecoponto, não podendo ser depositado lixo orgânico. Este tipo de resíduo é recolhido pelos caminhões da Serrana Engenharia, empresa terceirizada que leva até o aterro sanitário.

Paralelo aos Ecopontos, o trabalho da coleta seletiva continuará sendo feito pela cooperativa, que conta com o apoio da prefeitura, através da Semasa. Os caminhões passam por todos os bairros recolhendo os materiais recicláveis separados pela população, conforme cronograma próprio.

Texto e fotos: Aline Tives

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!