//Denúncia do vereador Jair Júnior não correspondeu com a verdade

Denúncia do vereador Jair Júnior não correspondeu com a verdade

A Secretaria Municipal de Turismo de Lages está localizada num prédio de propriedade do Sindicato dos Hotéis, Bares e Restaurantes na avenida Papa João XXIII, bairro Petrópolis. Naquele imóvel existe uma dependência, cujo espaço sempre foi utilizado para realizações de eventos. Recentemente foi requerido para uma recepção de formatura. A secretaria de Turismo encaminhou o pedido ao Sindicato, que é proprietário do prédio e é o único competente para autorizar a realização daquela formatura, o que foi  permitido pelo Sindicato. Portanto, em nenhum momento, houve a participação dos funcionários da Secretaria de Turismo, muito menos imposta o pagamento de qualquer valor a título de locação do imóvel. Convém lembrar que, dita recepção ocorrei fora do expediente normal das atividades da secretaria. A verdade é que ocorreu uma interferência na realização do evento, o que causou constrangimento àqueles que estavam no local.

Denúncia do vereador

O que se sabe é que o vereador Jair Júnior denunciou o suposto uso das dependências da Secretaria de Turismo para a realização de uma recepção de formatura particular. O que, a princípio não é verdade. Pois como já ficou explicado pelo Executivo de Turismo, Luis Carlos Pinheiro, que   “ o imóvel é cedido gratuitamente pelo Sindicato dos Hotéis, Bares e Restaurantes de Lages para que, em suas dependências se desenvolvam as ações da Secretaria de Turismo, em sistema de cooperação, sem nenhum ônus à Prefeitura Municipal, ou o pagamento de qualquer valor relativo ao aluguel do imóvel. Ainda informamos que, eventualmente, o sindicato utiliza aquelas dependências para a realização de eventos e reuniões, encontros ou qualquer outra atividade, sempre preservando o trabalho lá realizado pela Secretaria de Turismo. Por outro lado, convém informar que as atividades funcionais da secretaria de Turismo, na grande maioria, são executadas no andar térreo do imóvel, ficando o salão, situado no andar superior, disponível para os cursos do  “Qualifica Mais Lages”. E na sexta-feira, dia 4 de maio havia a realização de um destes cursos,” observou o Executivo de Turismo, Luis Carlos Pinheiro. Diante desse impasse criado pelo vereador Jair Júnior, doravante a população de Lages passará a ficar com “um pé atrás” em qualquer denúncia formulada pelo edil, pois, nem sempre poderá ser verdade.