//Farmácia Popular em Lages será fechada no próximo dia 31

Farmácia Popular em Lages será fechada no próximo dia 31

Com a mudança, o Ministério da Saúde irá aumentar o valor mensal por habitante destinado à compra de remédios de R$ 5,10 para R$ 5,58 

Após cerca de nove anos em funcionamento, a unidade da Farmácia Popular em Lages encerrará suas atividades no final deste mês. O motivo é a interrupção de repasses do governo federal, que anunciou a medida, válida para todo o país, devido aos altos custos de fiscalização, armazenamento e distribuição de medicamentos.Com a mudança, o Ministério da Saúde irá aumentar o valor mensal por habitante destinado à compra de remédios de R$ 5,10 para R$ 5,58. A Fundação Osvaldo Cruz (FIOCRUZ), executora do programa, irá doar todo o mobiliário e os medicamentos em estoque para a Atenção Básica do município. Os quatro funcionários que atuavam na Farmácia, por serem efetivos da prefeitura, serão remanejados para outros setores.A gerente de Medicamentos, da Secretaria de Saúde, Bruna Sviercowski, explica que o repasse mensal de R$ 12 mil viabilizava a manutenção da unidade. Da lista com 110 medicamentos (destes 18 gratuitos), do programa da Farmácia Popular, a Secretaria de Saúde do município adicionou três medicamentos (Azitrominicina 250/500mg; Sabutamol xarope e Enalapril 20 mg) na Relação Municipal de Medicamentos Essenciais (REMUNE), oferecidos na Farmácia Básica. As demais medicações podem ser encontradas, com descontos, nas farmácias privadas que possuem convênio com a Farmácia Popular.“Ainda não é possível incorporar todos os medicamentos devido ao alto custo, mas a nossa lista contempla inúmeras classes terapêuticas. Por isso, é importante que o paciente peça ao seu médico que faça a prescrição dos remédios através do princípio ativo, que é um direito assegurado a partir do Decreto municipal 16.847”, destaca Bruna. A lista do REMUME está disponível no site da Secretaria de Saúde http://www.saudelages.sc.gov.br/.A Farmácia Popular em Lages está localizada na rua Caetano Vieira, esquina com a Quintino Bocaiúva. O horário de funcionamento, até o dia 31 de julho, será das 8h às 12h e das 14h às 18h, de segunda a sexta-feira.

Fotos: Marcelo Pakinha