//Lançado o Núcleo de Saúde e Segurança do Trabalho na Serra

Lançado o Núcleo de Saúde e Segurança do Trabalho na Serra

A Associação Empresarial de Lages (Acil), em parceria com a Federação das Indústrias de Santa Catarina por meio do Serviço Social da Indústria de Santa Catarina (Sesi/SC), lançou oficialmente o Núcleo de Saúde e Segurança do Trabalho. A solenidade aconteceu no auditório da Acil, na quinta-feira (24), na programação da Semana da Indústria, e contou com a palestra “Os impactos do eSocial para Segurança e Saúde do Trabalho”, conduzida pela consultora do Serviço Social da Indústria (Sesi/SC) Amanda da Silva Barbosa.

O núcleo, que terá encontros mensais, tem como missão disseminar a cultura da saúde e da segurança como valor. Sua visão é contribuir, por meio de ações voltadas à promoção da saúde e da segurança, tendo como foco a redução dos indicadores de adoecimento e acidentes de trabalho.

“O objetivo do núcleo é articular ações relacionadas ao tema, envolvendo todos os atores do processo, desde a indústria e comércio, passando pelo trabalhador, e até mesmo os profissionais que atuam dentro das empresas, como médicos do trabalho, engenheiros, técnicos em segurança, fonoaudiólogos e entre outros, para debater o tema, abordando sob a perspectiva da realidade aqui em Lages”, comenta a coordenadora do Núcleo, Kátia Roberta da Silva.

Em seu discurso, durante o evento, o presidente da Acil, Sadi Montemezzo, destacou a importância desta parceria entre a Associação e a Fiesc. “A Acil prima pelo desenvolvimento de Lages e de toda a região. Essa parceria vem ao encontro desta busca por desenvolvimento”, afirma.

Para a diretora regional do Sesi, Silvia de Pieri Oliveira, o debate sobre o tema é imprescindível para aprimorar a implementação das práticas de Saúde e Segurança do Trabalho. “Precisamos discutir este assunto e agir em rede, atendendo às demandas locais. Só assim as ações serão mais eficazes”, comenta.

Núcleos Acil

Os Núcleos Acil são grupos de profissionais de um mesmo segmento, que se reúnem periodicamente, a fim de discutir seus problemas em comum e buscar soluções conjuntas, sempre orientados por um consultor da Acil. A grande vantagem deste modelo de organização é a possibilidade de focar o trabalho em problemas específicos de cada segmento econômico, o que torna o resultado mais eficaz.

Palestra

Sob o tema “Os impactos do eSocial para Segurança e Saúde do Trabalho” a consultora do Sesi/SC Amanda da Silva Barbosa falou sobre o tema com os participantes. “Nesta palestra abordamos os impactos que o eSocial terão nas empresas, mais especificamente para a área de Segurança e Saúde do Trabalho”, comenta Amanda.

Por meio do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial) os empregadores passarão a comunicar ao Governo, de forma unificada, as informações relativas aos trabalhadores, como vínculos, contribuições previdenciárias, folha de pagamento, comunicações de acidente de trabalho, aviso prévio, escriturações fiscais e informações sobre o FGTS.

“A vinda do eSocial é muito importante, especialmente porque as empresas relaxam quando o assunto é Saúde e Segurança do Trabalho. O eSocial vem para nos cobrar mais enquanto empresas e proteger melhor nosso funcionário. Isso agrega valores para nós trabalharmos melhor e até mesmo evitarmos ações trabalhistas, multas ou penalidades por descumprimento das normas de segurança e saúde dos nossos trabalhadores”, comenta a responsável pelo departamento de Recursos Humanos da Matriztec, Meury Audibert, que participou da palestra de lançamento do Núcleo.

Catarinas Comunicação