//Presidente da República ameaça usar a força para desobstruir rodovias

Presidente da República ameaça usar a força para desobstruir rodovias

O presidente Temer está ameaçando os caminhoneiros. E disse que pretender usar as tropas das Forças Armadas para desobstruir as rodovias federais. Por outro lado, os caminhoneiros filiados à Abcam (Associação Brasileira dos Caminhoneiros) que tem aproximadamente 700 mil filiados, continuam irredutíveis. Disseram que a greve não tem dia para terminar e que, enquanto as reivindicações não serem aceitas, a greve não terminará, e que, a partir do dia 29 novas pautas serão anunciadas, inclusive, endurecendo ainda mais o que pleiteiam. A presidência da República informou que os soldados do Exército poderão dirigir os caminhões, tirando do leito da rodovia e estacionando-os às suas margens. A verdade é que, mesmo com um possível desabastecimento nas áreas urbanas, a população, em sua maioria apóia a greve dos caminhoneiros. Desistir agora, é deixar a oportunidade de tentar melhorar o País. E é isso que a população quer. Temer, ao tentar desobstruir as rodovias, estará, mais uma vez, praticando um ato de revanchismo e covardia contra os próprios anseios da população brasileira. A oportunidade é agora, e a maioria dos brasileiros espera que os caminhoneiros estejam nessa luta em prol de todo o povo brasileiro, e não apenas para beneficiar sua própria classe. Hoje, bem mais que 60% dos brasileiros apoiam o movimento dos caminhoneiros.