PJSC acompanha o avanço na imunização contra Covid em unidades socioeducativas

O Poder Judiciário de Santa Catarina, por meio do Núcleo V – Direitos Humanos, da Corregedoria-Geral da Justiça (CGJ), acompanha de perto a questão da imunização dos adolescentes em conflito com a lei em todas as unidades socioeducativas do estado. Os índices são verificados frequentemente com a Coordenação de Projetos Especiais da SAP e o Departamento de Administração Socioeducativa (Dease). Na última atualização, feita nesta semana (3/11), foi possível verificar que 87% desse público já receberam a 1ª dose, e 35% estão completamente vacinados.

“Nossa competência enquanto Sistema de Justiça é assegurar a fiscalização das unidades socioeducativas. É com esse desígnio, portanto, que o Núcleo V – Direitos Humanos mantém continuo diálogo interinstitucional com o Dease e com o Ministério Público, por meio do Centro de Apoio Operacional da Infância e da Juventude, sobretudo para supervisionar e monitorar as ações adotadas no âmbito do sistema socioeducativo de Santa Catarina”, explica o juiz-corregedor Rodrigo Tavares Martins.

Na serra catarinense, o Centro Socioeducativo Regional de Lages é a unidade com melhores índices de imunização. Do total de adolescentes, 63% estão com o ciclo de vacinação completo. Todos os demais já receberam a primeira dose. Dos 11 adolescentes que estão na Casa de Semiliberdade de Lages, cinco tomaram a segunda dose e outros fizeram a primeira. No Centro de Atendimento Socioeducativo Provisório (Casep) de Curitibanos, quatro têm a primeira dose e um está completamente imunizado.

A enfermeira Rosemeri Muniz de Souza, do Centro Socioeducativo Regional de Lages, diz que diariamente a equipe de enfermagem verifica e atualiza as informações em um sistema próprio que permite o acompanhamento da vacinação de todos os adolescentes. “Se, por exemplo, chega um adolescente sem a vacina e pode, pela faixa etária, receber a imunização, é feito o encaminhamento imediato ao ponto onde há aplicação do imunizante.”

A equipe de projetos especiais da SAP montou uma central que faz o controle e gestão dos números. Um boletim diário é publicado com o esquema de vacinação, controle de internação, testes e materiais para unidades entre outras informações relacionadas à Covid-19.

Taina Borges – NCI/TJSC – Serra e Meio-Oeste

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!