//DIC e IGP realização reconstituição de crime de homicídio

DIC e IGP realização reconstituição de crime de homicídio

O caso da morte de Erick Fernando Rodrigues de Campos de 25 anos, vulgo Pedrão do Bairro da Brusque em Lages, ganhou mais um capítulo durante a tarde desta quinta-feira (04). A Polícia Civil de Lages(DIC), e o Instituto Geral de Perícias, começa a reproduzir as sequências dos acontecimentos com a chamada reprodução simulada, ou reconstituição do crime.

A reprodução simulada levou em consideração os fatos narrados por uma testemunha ou autor dos fatos. O local, onde foi feito a reconstituição, inicialmente, foi no bairro Vila Nova, e depois no local aonde o corpo foi (desovado), jogado dentro do Rio Caveiras. As investigações estão um curso, diante disso não podemos repassar mais informações, para não atrapalhar as investigações, que estão sendo coordenadas pelo delegado Sergio Roberto. Nos próximos dias deverá ter o desfecho final.