Suspeitos de furtos de veículos em lages são presos

A PM depois de intensas investigações tira do convívio social dois suspeitos de participarem dos furtos de veículos que aconteceram nos últimos tempos em Lages. Foi uma resposta à preocupação da sociedade pelo aumento da criminalidade nos últimos dois meses. Mais uma vez a PM faz jus à missão de dar segurança à população.

Recentemente Notícia no Ato divulgou uma matéria a respeito da onda de criminalidade que vem colocando a população em pânico nestes dois últimos meses do ano, principalmente agora com a Pandemia do Coronavirus. Entre as demais ações da bandidagem, está o de furto de veículos.

Entretanto, a Polícia Militar sempre esteve atenta a essas ocorrências, e, em nenhum momento deixou de buscar informações aumentando suas rotas policiais em locais suspeitos, onde os amigos do alheio costumam desovar objetos furtados. Se  bem que, na verdade, a especialidade de investigação criminal está a cargo da Polícia Civil. Na ausência desses, a PM saiu realizando buscas intensas e encontrou dois suspeitos. Ambos com inúmeras ocorrências por furto de veículos. Um deles, Philipe Augusto Teixeira, vulgo “Coveiro”, de 31 anos, foi preso na noite do último domingo, 13/09, no bairro Caravággio, o qual havia recebido o benefício de saída temporária do Presídio de Lages em meados de 2020 e não retornou mais à prisão ao término do benefício.

Porém, segundo informações, ele é especialista em furto de veículos. Já o segundo elemento, Max Francisco do Rosário, com diversas passagens pela instituição policial, é o segundo suspeito de haver cometido vários furtos em Lages, foi preso na tarde de terça-feira, 15/09, nas proximidades da rótula do bairro Conte, o qual tinha um mandado de prisão ativo. E da mesma forma do primeiro suspeito, também não regressou ao presídio depois do término do benefício de saída temporária.  Seu histórico é vasto, com 31 registros de ocorrências.  Sendo dois por ameaças, um por receptação, um por danos e 13 por furtos de veículos e residências e também por ingressar com celular furtado no presídio depois de furtar um celular de uma mulher em via pública. Enfim, com essas prisões efetuadas a Polícia Militar deu uma resposta à sociedade. Já que, as denúncias de furtos de veículos estavam acontecendo diariamente.

A primeira medida foi entrar em contato com a direção do presídio em Lages e tomar conhecimento de quais eram os elementos que tinham recebido os benefícios e que não haviam retornado após o término da saída temporária.  Na lista estavam esses dois suspeitos especialistas em furto de veículos, os quais retornarão ao local de onde não deviam ter saído. Certamente a comunidade está satisfeita e agradece as atuações da Polícia Militar, cuja corporação  tem honrado a sua missão de dar segurança à comunidade.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!