Adolescentes montados a cavalo promovem baderna no Tanque

Enquanto a Pandemia galopa por todos os quadrantes do País, inclusive, em Lages, jovens adolescentes montados à cavalo promoveram baderna no Parque Jonas Ramos (Tanque) área central da cidade.

Era o que faltava para empanar o domingo das famílias e jovens de bem que estavam naquele recanto aplausível, aproveitando os momentos para curtirem com tranqüilidade um dia de folga. Ledo engano! De repente surgiram ao local alguns elementos (adolescentes)e outros maiores de idade, montados a cavalo promovendo ameaças, brigas e atropelamentos, sendo que,até um veículo sofreu danos materiais no  Parque Jonas Ramos.

Felizmente uma guarnição da Cavalaria da PM chegou ao local, quando realizou abordagens e deteve animais e cavaleiros. Uns, conseguiram fugir e faziam ao  longe  xingamentos aos policiais. Esses elementos, além de realizarem badernas por onde passaram, ainda cometeram crime de mal tratos aos animais previsto em lei sujeito a pena de reclusão. Diante dos atos inconseqüentes e irresponsáveis dos baderneiros no interior do Tanque, muitas famílias amedrontadas fugiram do local, refugiando nas dependências do Supermercado Angeloni.

Os cavalos apreendidos foram removidos para o Mangueirão da Prefeitura Municipal, onde possivelmente irão retirá-los hoje. Em relação aos adolescentes detidos, certamente já devem estar em suas residências. O que se espera, pelo menos, é que seus pais os aconselhem a ser cidadãos de bem, e não baderneiros.

Cavalos e cavaleiros

Na verdade, essa onda de cavalos e cavaleiros cavalgando pelo centro da cidade de Lages, algumas vezes pelas calçadas, não é nenhuma novidade. É como bicicletas motorizadas que, montados em suas respectivas bicicletas se acham no direito de trafegar nas calçadas, onde já promoveram muitos atropelamentos, inclusive a pessoas idosas. Da mesma forma deveria ser proibido trafegar a cavalo no perímetro urbano de Lages, salvo em festividades ou passeios promovidos por tradicionalistas. Ainda em referência ao acontecimento no Tanque, alguns adolescentes foram levados até à Delegacia de Polícia e são moradores dos bairros Santa Catarina e Santa Clara.  

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!