Dois elementos à cavalo promovem arruaças no Tanque novamente

Dias atrás, alguns menores de idade (adolescentes), à cavalo promoveram arruaças no Parque Jonas Ramos (Tanque), judiando dos animais e tirando a tranqüilidade de quem estava naquele local. Contidos pela Polícia Militar, alguns cavaleiros foram detidos e os animais encaminhados ao Mangueirão da Prefeitura Municipal.

Entretanto, na tarde de ontem, domingo, por volta 15hs, a Guarnição do Canil e da Cavalaria da PM foram acionados, quando foram informados pela comunidade que dois cidadãos montados à cavalo também estavam promovendo desordens, tirando o sossego alheio e colocando em risco a integridade física de terceiros. O fato é que, dois cidadãos, de 47 anos,  sendo que um deles portava  uma faca na cintura; que estava em companhia de um outro elemento, de 30 anos. Ambos demonstravam vestígios de embriaguez.

Os policiais realizaram os procedimentos cabíveis (Termo Circunstanciado)e foram liberados no local. Os animais foram apreendidos. Em seguida, os dois cavaleiros bebuns, chamaram um Uber. Antes de embarcarem, começaram a agredir os policiais com palavras de baixo calão. Os dois foram detidos e regiram. Os policiais tiveram que usar da força física para conter os ânimos dos dois cidadãos. Na oportunidade, mais um TC foi lavrado contra ambos: Edson da Silva e Douglas Martinhago. Na verdade, tanto adolescentes como adultos devem entender que o Parque Jonas Ramos (Tanque) é um recanto turístico de Lages onde famílias passam momentos agradáveis. Não é um local permitido para cavalgadas; principalmente quando esses atos são realizados por pessoas em situação de embriaguez.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!