Lageano suspeito de assalto a bancos é morto em confronto com a polícia em Florianópolis

Comandante do Bope informou que o homem, que estava em uma casa de alto padrão, participou de assalto em dois bancos no Estado e estava com mandado de prisão em aberto por homicídio

Um homem suspeito de envolvimento em assaltos a bancos em Santa Catarina foi morto em confronto contra a polícia durante uma abordagem na noite da última quinta-feira (17), na Lagoa da Conceição, em Florianópolis.

Segundo o comandante do Bope (Batalhão de Operações Especiais), tenente-coronel José Ivan Schelavin, o homem, com mandado de prisão em aberto, estava residindo em uma casa de alto padrão, com vista para a Lagoa da Conceição, há cerca de três meses.

“Dois policiais do Bope, descaracterizados, monitoravam o local e ele percebeu que tinha um carro nas imediações. Neste momento, tentou correr e os policiais tentaram segurá-lo. Em seguida, ele entrou na residência e sacou uma arma e foi morto durante o confronto com a polícia”, explicou o comandante José Schelavin.

Homem foi identificado

Conforme o IML (Instituto Médico Legal), trata-se de Jackson Nildo Paes, de 34 anos, natural de Lages. Após o ocorrido, o caso foi repassado para a delegacia de Homicídios da Capital.

Na residência, o comandante informou que estava uma mulher, sem mandado de prisão em aberto, mas que confessou que participação no roubo a banco em Santa Cecília, no Planalto catarinense.

Segundo o delegado da Homicídios de Florianópolis, Ênio de Oliveira Mattos, serão realizadas oitivas para a confecção do laudo, mas não informou quando será concluído ou quantas pessoas serão ouvidas.

Segundo o comandante do Bope, Jackson Paes é membro de uma facção criminosa, suspeito de ter atuado no assalto a banco em Santa Cecília, em fevereiro de 2021, e em Gaspar, no Vale do Itajaí.

Foto: PMSC/Divulgação/Texto ND

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!