GAECO e GEAC deflagram Fase II da operação Concreto Armado na Comarca de Otacílio Costa

Estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão nas cidades de Otacílio Costa e Palmeira para investigar possíveis crimes contra a Administração Pública

Na manhã desta sexta-feira (25/06), o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO), em conjunto com o Grupo Especial Anticorrupção (GEAC), deflagrou a Fase II da operação batizada como Concreto Armado, realizando o cumprimento de mandados de busca e apreensão nas cidades de Otacílio Costa e Palmeira.   

A Promotoria de Justiça da Comarca de Otacílio Costa, o GAECO e o GEAC, após a deflagração da primeira fase da operação e da instrução do Procedimento Investigatório Criminal, colheu indicativos da prática de crimes de associação criminosa, fraude a licitação, entre outros, por parte dos investigados e também com o surgimento de indícios da participação de agente público ligado ao município de Palmeira.   

O nome da operação deve-se ao fato de a empresa envolvida nas fraudes atuar na área de blocos e artefatos de cimento, possivelmente beneficiada em processos licitatórios organizados pela gestão municipal.   

Ao todo, foram expedidos pelo Poder Judiciário (Vara Única da Comarca de Otacílio Costa) quatro mandados de busca e apreensão que estão sendo cumpridos por Policiais do GAECO com o apoio do Instituto Geral de Perícias (IGP).

Foto:Ilustrativa

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!