Plano de Carreira: Comissões da PMSC e CMSC se reúnem

Como APRASC ja havia anunciado, foi realizada na tarde da sexta-feira (30/07), a reunião com as Comissões da PM e BM do Plano de Carreira. A APRASC participou, representada pelo secretário-geral, Anderson Gomes da Silva. “Foi uma reunião com muitos questionamentos e embates, porém foi acertado alguns pontos principais”, ressalta Anderson.

Conforme ele, até o presente momento ficou acordado que o soldado será promovido a cabo com 08 (oito) anos, podendo fazer o Curso de Habilitação a partir de 06 (seis) anos, lembrando que na reunião anterior tinha sido colocado em pauta com 10 (dez) anos. Sendo promovido a cabo, o mesmo após 04 (quatro) anos na graduação, poderá realizar o CFS, que será em 50% mérito intelectual e outros critérios estabelecidos em regulamento e 50% antiguidade. Será incluído o TAF RM para promoção QPPM. Outra discussão foi a respeito dos novos interstícios para 1º,2º e 3º Sargentos serão, 5 anos, 4 anos e 4 anos, e não mais 4 anos, 3 anos e 3 anos, haja vista o tempo para a reserva ser de 35 anos e não mais 30 anos. Terá como regra de transição o interstício atual, por exemplo, o cabo que hoje pode fazer o CFS com 02 anos na graduação, continuará podendo realizar o CFS com 02 anos, e não 04 anos devido a possível alteração. Já o 3º Sargento que hoje será promovido a 2º Sargento com 04 anos na graduação, continuará nessa regra, ou seja, começará a contar a partir da graduação superior.

“Foi colocado por mim o questionamento referente ao 3º sargento do QE ser promovido a 2º QE, em como que seria essa promoção. De início foi colocado por alguns componentes que seria a promoção com 30 anos de efetivo serviço, juntamente com alguns membros, questionamos para que seja colocado a promoção com 30 anos totais de serviço, sendo acatado tal assunto, podendo o 3º Sargento QE ser promovido a 2º QE com 30 anos totais de serviço”, ressaltou o representante da APRASC. Anderson informou ainda que ficou acertado a priori o QOA com abertura para 1º Sargento e Subtenente, seguindo a lei federal. Na próxima quinta-feira, dia 05/08, às 13 horas, haverá nova reunião para demais debates. “Lembro que nada está finalizado, a luta não acabou, vamos buscar sempre o melhor para todos, fico a disposição”, conclui Anderson Gomes da Silva, secretário-geral.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!