Matou companheiro porque ele queria sair de casa

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal – DIC Lages, efetuou, na tarde desta quarta-feira (11), cumprimento de mandado de prisão de investigado pela prática de homicídio ocorrido em 27/07/2021, em um hotel próximo ao terminal urbano de Lages, antiga rodoviária velha.


A vítima, homossexual e residente do hotel, foi agredida com golpe de faca na perna, tendo lesionado uma importante artéria que provocou sua morte em decorrência da hemorragia.
Iniciadas as investigações, foram colhidas informações de testemunhas, câmeras de monitoramento e realizadas perícias. As diligências, somadas aos laudos periciais do corpo da vítima e análise do local do crime, forneceram elementos que permitiram aos policiais reconstruir todos os fatos anteriores ao crime, até sua afetiva execução.
Foi representada pela prisão preventiva do investigado Jucelino dos Santos(foto) e deferido o pedido. Depois de localizado, e preso, o investigado foi conduzido à DIC onde foi interrogado. Outras diligências serão formalizadas para instruir o inquérito policial, que deverá ser concluído nos próximos 10 dias.
Jucelino foi encaminhado ao sistema penitenciário, onde ficará à disposição da justiça.
Segundo informações, o casal teve uma briga, porque Elias da Cruz Pires, queria sair de casa, e Jucelino, não deixou, e por causa disso ambos entraram em vias de fato, e Jucelino desferiu os golpes de faca.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!