Polícia cumpre mandado contra caçador e apreende armas, munições e animais silvestres abatidos

Na manhã de ontem, 14, às guarnições da Polícia Militar Ambiental, dentro da operação de combate à caça ilegal do comando de policiamento militar ambiental, cumpriram mandado de busca e apreensão na localidade da coxilha rica, no município de Lages.
No local foram vistoriadas todas as edificações e galpões dentro da propriedade, sendo encontrados os seguintes itens, os quais foram apreendidos:

  • 1 pistola Taurus calibre 380, com 3 carregadores.
  • 1 revólver Taurus calibre 38.
  • 1 espingarda Boito calibre 12, dois canos.
  • 1 pistola Taurus calibre 380 PT 58 HC Plus, com 2 carregadores.
  • 1 carabina/fuzil Taurus Calibre 357.
  • 1 animal nativo da espécie tatu, eviscerado e congelado, o qual foi encontrado no freezer.
  • 1 ave nativa da espécie maitaca, sem anilha e sem autorização, a qual estava numa gaiola de metal.
    Além dos seguintes itens:
  • 1 jequi, utilizado para captura de tatu.
  • 103 munições calibre 12 intactas, destas, 29 estavam numa cartucheira.
  • 1 cartucheira.
  • 34 munições calibre 380, intactas.
  • 66 munições calibre 38, intactas.
  • 1 munição calibre 38, deflagrada.
  • 76 cartuchos deflagrado de diversos calibres.
  • material para recarga: chumbo, bucha plástica, medidor de pólvora, pólvora e espoleta.
  • 1 munição calibre 357, intactas.
  • 64 munições calibre 357, intactas.
  • 1 rifle CBC calibre 22, com 1 carregador
  • 6 munições calibre 22, intactas.

Diante do exposto foi dada voz de prisão aos responsáveis pelos armamentos, munições e caça ilegal, sendo deslocados até a Delegacia de Polícia judiciária para entrega dos conduzidos e dos materiais acima relacionados, para as providências cabíveis.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!