Após 78 dias internada vítima de atropelamento falece no hospital

O resultado da imprudência de um indivíduo resultou no falecimento de Marisa das Graças da Silva, de 42 anos, na tarde desta segunda-feira, dia 11, no Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, aonde estava internada desde o dia 26 de julho, quando foi atropelada na Rua Lúcio Cardoso, bairro Santa Catarina, em Lages.Corpo está sendo velado na capela do bairro Araucária, e o sepultamento será às 16hs,desta terça-feira, dia 12.

Entenda o caso

Eram 00h05min, da madrugada desta segunda-feira (26), quando a moradora da Rua Lúcio Cardoso, bairro Santa Catarina, Érica Andrade, de 30 anos, e sua família levaram um enorme susto, devido um veículo Gol placas EIR6A44, que saiu da pista e capotou, ficar coladinho na parede da sua casa. Do Interior do carro saiu um homem e duas mulheres, quais fugiram.

A vizinhança, ao escutar o barulho, foram acudir Érica e seus familiares, porém ninguém da família se feriu. Em determinado momento surgiu um Celta branco placas MKS-0584 de Lages, em alta velocidade, e o motorista perdeu o controle, saiu da via e foi em direção as pessoas que ali estavam, alguns conseguiram se jogar, mas Mariza das Graças Silva, de 42anos, não teve a mesma agilidade e foi atingida pelo carro, que levou ela arrastada por alguns metros, e em seguida a vítima, caiu de uma altura de 5metros.

O celta ficou com as rodas para cima, e o motorista Daniel dos Santos, de 42 anos, foi seguro por populares até a chegada da PM. A vítima do atropelamento, entrou em parada cardíaca, e teve seu quadro clínico revertido no local. Após ela foi encaminhada para emergência do Hospital Nossa Senhora do Prazeres, e seu quadro clínico é gravíssimo, e ela corre risco de vida, segundo disse seu marido a equipe de reportagem. Daniel, segundo a PM, apresentava sinais de embriaguez e se recusou a fazer o teste de alcoolemia. De acordo com populares, Daniel é parente do cidadão do primeiro acidente. Preso foi encaminhado à delegacia de Polícia para as providências cabíveis.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!