Operação “Gangues do Morro Grande” termina com elementos presos e apreensão de arma

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal – DIC Lages, com apoio do Núcleo de Operações com Cães, desencadeou na manhã desta terça-feira (21) a operação “Gangues do Morro Grande” que visa combater integrantes de uma organização criminosa que atua no bairro Morro Grande em Lages.


A operação mobilizou 23 policiais e contou com o apoio da DPCAMI, Central de Plantão Policial, 1º, 2º e 3º Delegacias de Polícia de Lages e Delegacias de Polícia de Correia Pinto e Otacílio Costa. É resultado de inquéritos policiais que investigam uma série de atentados com disparos de arma de fogo, incêndio em residências e homicídios e tentativas de homicídios.
Foi representada pela expedição de 10 mandados de prisão temporária e 4 de busca a apreensão referentes aos crimes de homicídio e organização criminosa. Um dos alvos também foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido e outros 3 não foram localizados, ficando na condição de foragidos.


A investigação teve início após denúncias de que estava ocorrendo uma disputa por pontos de tráfico de drogas no bairro Morro Grande, chegaram, inclusive, a se envolver em uma troca de tiros com policiais da DIC de Lages, onde um deles foi baleado na perna.
Para se furtar da ação policial e da justiça, a facção criminosa também se utiliza de menores para assumir a prática de crimes, vez que estes acabam sendo beneficiados com a norma mais branda prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente.
Durante as buscas foram apreendidos celulares e uma arma de fogo, revólver cal. 38 SPL. As investigações prosseguem para realização da perícia e análise dos celulares.
Os presos foram encaminhados para a DIC de Lages onde foram interrogados e, após formalizados os procedimentos legais, encaminhado ao sistema penitenciário, onde ficará à disposição da justiça.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!