SAMU: Trocam ambulância sucateada por outra em perfeitas condições

Durante a tarde de ontem quinta-feira, 1, várias pessoas que estavam no Hospital Infantil presenciaram um fato desagradável. Ou seja, uma ambulância do SAMU que não funcionou e, aparentemente estava sucateada. Populares denunciaram à reportagem de Notícia no Ato que, foi verificar a veracidade dos fatos. Dito e feito. A tal ambulância era de São Joaquim, a qual ficou aqui em substituição a outra em perfeito estado de conservação que foi enviada para aquele município. O que não se entende é como que tomam uma atitude dessa forma. Não há como negar que, Lages, é quase 10 vezes maior que São Joaquim. Enquanto aqui tem uma população de 169 mil habitantes, São Joaquim tem apenas 23 mil. Isso quer dizer que uma ambulância aqui se trabalha muito mais que naquela cidade. Não se quer aqui desmerecer, a  “Capital da Maçã” que também merece ambulâncias novas. Só que, na atual conjuntura, o veículo enviado para São Joaquim, deveria era permanecer em Lages, e a ambulância sucateada passar por atendimento mecânico, para depois então ser devolvida ao município de origem. O certo é que, o SAMU está com suas viaturas todas sucateadas, impossíveis de prestar bom atendimento dessa maneira à população. É bom lembrar que, em São Joaquim  tem uma unidade do Corpo de Bombeiro que, numa eventualidade pode até atender a comunidade na falta de uma ambulância no SAMU local. O que não se entende também são as ações de algumas pessoas. Nesse caso das ambulâncias, praticamente trocaram seis por meia dúzia. O que dá na mesma. Lembrem-se: cabeça é para pensar, e não apenas para ser intervalo entre as orelhas ou para usar chapéu. Acorda gente!

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!

Deixe um comentário