//Idosos se animam em festa junina no Centro de Convivência do Idoso  

Idosos se animam em festa junina no Centro de Convivência do Idoso  

Caracterizados com vestimentas caipiras, homens e mulheres aproveitaram para se divertir ao som das quadrilhas

Quem passou pelas proximidades do Centro de Convivência do Idoso (CCI) Dom Oneres Marchiori na tarde desta sexta-feira (13 de julho) deve ter observado o movimento de centenas de homens e mulheres da segunda e terceira idade que lá compareceram para festejar com uma das danças mais tradicionais no período de festa junina, trata-se da quadrilha. Com ambiente decorado e o público caracterizado com roupas caipiras, no arraial do CCI não faltaram comidas típicas, bebidas, brincadeiras e o mais importante, animação e interação entre os idosos.

O secretário de Assistência Social e Habitação, Samuel Ramos, aproveitou o momento de confraternização. “O CCI é um espaço de lazer, alegria e aprendizado. É incrível ver essa disposição e o sorriso estampado no rosto deles”, comenta Samuel.Situado na rua Cláudio Galeno, 153, bairro Várzea, o local possui capacidade para atender até 500 pessoas por semana. Aberto de segunda a sexta, manhã e tarde, das 8h às 12h e das 14h às 18h, os profissionais atendem os grupos da segunda e terceira idade dos territórios de abrangência dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras’s) e comunidade em geral. Diariamente, os grupos que visitam o espaço possuem transporte coletivo para o deslocamento à disposição.

Segundo a diretora de Proteção Social Básica da Secretaria de Assistência Social e Habitação, Taciani Eloísa Fontana, o CCI tem por finalidade promover a qualidade de vida, preservar a autonomia e manter a independência da pessoa idosa, incentivando o envelhecimento ativo e a dignidade dos usuários, além dos cuidados com a saúde e a educação, promoção da cidadania, convivência familiar e intergeracional, com o propósito de evitar o isolamento e a institucionalização, o acolhimento em asilos.

De acordo com a coordenadora técnica da Proteção Social Básica da Secretaria, Vanessa Freitas, são oferecidas inúmeras atividades gratuitamente, realizadas pela Assistência Social e Habitação, em parceria com as secretarias de Educação, Saúde, Desenvolvimento Econômico e Turismo, e Agricultura, além da Fundação Cultural. Entre as atividades que serão oferecidas estão contação de histórias, pintura e desenho, xadrez, danças (vários ritmos), aulas de canto, trabalhos manuais, curso de cabeleireiro e de maquiagem, artesanato, ginástica (projeto Vida Ativa), horta comunitária do projeto Colheita Feliz, atendimento médico e fisioterapia (parceria com as universidades).

Fotos: Daniel Costa