//Lages recebe a terceira edição do Mutirão de Castração de cães e gatos

Lages recebe a terceira edição do Mutirão de Castração de cães e gatos

O mutirão tem a missão de promover a saúde dos animais de estimação, tanto de forma preventiva quanto curativa, atendendo a comunidade

A manhã fria deste sábado (25 de agosto) não espantou as pessoas que cadastraram seus animaizinhos de estimação para o 3º Mutirão de Castração de cães e gatos. A ação é desenvolvida em Lages através de uma parceria entre a Associação Lageana de Proteção aos Animais (ALPA) e a Clínica Veterinária Projeto Castração. Os procedimentos cirúrgicos realizados na Unidade Móvel do projeto, uma carreta de 15 metros de extensão devidamente equipada com consultórios, materiais e utensílios, serão realizados até este domingo (26).

De acordo com a presidente da (ALPA), Aracelli Hammann, os objetivos do mutirão são de controle populacional dos animais errantes em Lages e também de trazer castrações com preços acessíveis à comunidade. “Nestes dois dias estaremos castrando 330 animais, entre gatos e cães. É importante salientar que também estaremos fazendo os procedimentos cirúrgicos sem custo em animais onde os donos comprovam não ter condições de pagar pelos procedimentos, ou seja, aquelas famílias que possuem o bichinho, mas estão em situação de vulnerabilidade social”, diz.

A Clínica Veterinária Projeto Castração é de responsabilidade da Dra. Marina Dante (CRMV SC 3583 / CRMV SP 8190) de Florianópolis. “Agradecemos nossos parceiros que de certa forma são nossos padrinhos, pois sem a ajuda deles não conseguiríamos oferecer mais de cem castrações de forma gratuita. Isto é uma grande conquista para nossa Associação. É sinal de que nossos projetos de educação e conscientização sobre a castração de animais para o controle populacional estão funcionando”, salienta Aracelli.

Sobre a Clínica Veterinária Projeto Castração

Segundo os idealizadores O Projeto Castração foi criado para ajudar no Controle de natalidade de cães e gatos com o intuito de demonstrar ao poder público, instituições, veterinários e voluntários que é possível haver um controle populacional destes animais. Esta conscientização é feita através de mutirões de castração, educação da população com palestras, folders e cartazes para o público em geral. Assim, tem a missão de promover a saúde dos animais de estimação, tanto de forma preventiva quanto curativa, atendendo a comunidade da região, assim como prestando serviços com segurança, qualidade, ética profissional e sustentabilidade.

Fotos: Ary Barbosa de Jesus Filho