Idosa aos 65 anos dá exemplo de vida

 Nossa equipe de reportagem trechou para o município de Capão Alto, conhecer a história de Maria Albertina Soares de 65 anos, “Tia Maria”, como é conhecida na localidade da Fazenda da Reserva, Br-116 Km -272, município de Capão Alto. “Tia Maria”, com diversos problemas de saúde, fazendo uso de uma muleta, é um verdadeiro exemplo de vida para muitos jovens e adultos mal acomodados, que esperam tudo do poder público. Verdadeiros paternalistas. Ela todos os dias, levanta cedo, para tratar de mais de 40 galinhas, frangos, galos e galinhas da angola.

O galinheiro e bem limpo, água e comida em seu lugar reservado. Segundo a muié, as galinhas botam em torno de 3 dúzias de ovos por dia. Algumas estão chocando, então reduziu para 2 dúzias.Os ovos caipiras, ela doa para alguns vizinhos carentes que passam por dificuldades, outros vende e tira um complemento que auxilia no pagamento de medicamentos, porque só o dinheiro da aposentadoria, não supre as despeças.

Horta

O esterco das galinhas, ela faz adubos para sua Horta, de onde retira, temperos, verduras, legumes e frutas: Tudo saudável para sua mesa. O cercado da horta precisa de uma manutenção e ela conta com apoio da secretaria de Assistência Social. Enquanto isso, “Tia Maria”, sozinha, mesmo com dificuldades para caminhar, ainda arruma um meio para capinar, limpar as dependências do galinheiro, e acomodar as galinhas em cada ninho carinhosamente preparado. Que a secretaria de Assistência Social se espelhe nos exemplos da “Tia Maria” para colocar em prática um projeto que possibilite às famílias carentes ter suas sobrevivências com dignidade. E aqueles que preferem cruzar os braços, se animem, lutem, e vejam o que faz uma idosa, mesmo caminhando com dificuldades; porém, é um exemplo de sobrevivência digna para todos, não apenas para os capãoaltenses. E sim para a sociedade como um todo.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!

Deixe um comentário