//Nem só de pagar dívidas vive um prefeito

Nem só de pagar dívidas vive um prefeito

O prefeito de Lages, Antônio Ceron, desde que assumiu a administração municipal teve uma constante preocupação: enxugar as máquina administrativa e pagar contas deixadas por administrações anteriores. É claro que, essas ações abrem caminho para no último ano de mandato, o prefeito possa realmente, de fato e de direito administrar. Fazer o que todo prefeito deseja realizar: construir para a comunidade, deixando marcas de uma administração que esteve preocupada em atender os anseios da população.

Ao querer solicitar um empréstimo de R$ 50 milhões, o que é pouco para realizar o que tem para se fazer em Lages, o prefeito Ceron quer demonstrar do que é capaz quando se tem metas, planejamento e competência administrativa. Infelizmente, a transação bancária depende de autorização dos vereadores, o que não é fácil, pois se esbarra, em alguns obstáculos, principalmente aqueles que mexem com o ego do edil. Até porque, entre os vereadores de Lages, há alguns que pensam em ser candidato a prefeito no próximo pleito eleitoral. Permitir a realização de empréstimo à Prefeitura de Lages é saber que aí vem grandes realizações, e podem prejudicar os sonhos bizarros de algum vereador. Infelizmente, o ser humano pensa, primeiramente nos seus objetivos, os interesses da sociedade ficam em segundo plano. Entretanto, a comunidade não vai esquecer das atitudes mesquinhas e rasteiras de alguns edís. Saibam senhores vereadores, primeiro os interesses da população, depois os seus. Não permitir a realização do empréstimo é, antes de tudo, demonstrar quão grande é a sua ignorância. Entretanto, as boas intenções do prefeito Antônio Ceron, vão prevalecer. E a comunidade apoia. Não pensem, senhores vereadores que, ser apegado aos seus interesses, no futuro seus objetivos serão realizados. Ledo engano, a população vai cobrar.