//Edital para credenciamento de ambulantes que irão trabalhar na Sexta-Feira Santa 2019 já está disponível

Edital para credenciamento de ambulantes que irão trabalhar na Sexta-Feira Santa 2019 já está disponível



As inscrições dos interessados iniciam no dia 29 de março e se estendem até o dia 11 de abril. Serão disponibilizadas 25 vagas

A prefeitura de Lages, através da Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente, está disponibilizando aos interessados o Edital de credenciamento para o comércio ambulante na Sexta-Feira Santa (dia 19/04/2019) na parte superior e inferior do Morro da Cruz, durante as celebrações da Paixão de Cristo.

De acordo com o secretário interino de Serviços Públicos e Meio Ambiente, Eroni Delfes Rodrigues, as inscrições dos ambulantes iniciam no dia 29 de março (sexta-feira) até o dia 11 de abril, das 13h30 às 18h30, na sede da Secretaria. A divulgação dos inscritos será no dia 12 de abril, às 13 horas. O sorteio será também no dia 12/04, às 15 horas. A divulgação do resultado do sorteio e homologação será, no mesmo dia, a partir das 18 horas. “Iremos entregar os crachás dos 25 ambulantes credenciados nos dias 15 e 16 de abril das 13h30h às 18h30h. Dessa forma organizamos o trabalho de todos”, comenta Delfes.  

Para os ambulantes credenciados será permitido a comercialização de algodão doce, picolé, sorvete (em carrinhos, produtos embalados com data de fabricação e validade), doces diversos (embalados com data de fabricação e validade, exemplo paçoquinha, amendoim, chocolates, balas e etc), maçã do amor, velas e artigos religiosos, bebidas não alcoólicas e salgadinhos (embalados tipo chips com data de fabricação e validade).

Documentos necessários

A diretora de fiscalização da Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente, Marines Roque, salienta que os documentos necessários no ato da inscrição dos ambulantes são: cópia da Identidade do requerente, cópias do CPF e de Endereço atualizado, além da ficha totalmente preenchida. “Temos as regras estabelecidas no edital como a proibição de comercialização de bebida alcoólica, não será permitida a venda de produtos em veículos, somente pessoas circulando, os chamados volantes, entre outros itens que constam no edital”, explica Marines.

Venda de Macela

A venda de Macela erva da flora brasileira, comum na região Serrana, também conhecida por macela-do-campo, macelinha, macela de travesseiro, carrapichinho-de-agulha, camomila nacional e etc, será livre. “Trata-se de um costume do feriado religioso em nossa cidade por isso não vamos interferir nesta questão”, diz o secretário interino de Serviços Públicos e Meio Ambiente, Eroni Delfes Rodrigues.