//“A reinvenção do Jornalismo” é tema de palestra na Uniplac nesta quarta-feira

“A reinvenção do Jornalismo” é tema de palestra na Uniplac nesta quarta-feira

A Semana Acadêmica de Jornalismo da Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac), em Lages, continua nesta quarta-feira, dia 15 de maio, com mais um tema de interesse dos profissionais de comunicação. “A reinvenção do Jornalismo” será discutida por Rafael Martini e Guto Kuerten, dois experientes jornalistas que falarão sobre o novo tempo vivido nas redações.

Uma boa história sempre será uma boa história, independente da plataforma de mídia. E é sobre isso que Rafael e Guto discutirão. O evento, aberto a estudantes, imprensa e comunidade em geral, começa às 19h no auditório 1 do prédio 1 da Uniplac (bloco do Jornalismo). A entrada é gratuita.

Rafael Martini

Natural de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, Rafael Martini é formado em Jornalismo pela Universidade de Caxias do Sul (UCS). No Jornal Pioneiro, naquela mesma cidade, foi repórter das editorias de Geral, Polícia, Política e Economia do Pioneiro.Em Fortaleza, no Ceará, foi repórter de Economia da Gazeta Mercantil, um dos maiores jornais do país. E de volta ao Sul do Brasil, foi repórter, subeditor, chefe de reportagem e colunista do Diário Catarinense, outro grande jornal brasileiro.Pelo DC, Rafael cobriu missões empresariais em países como Emirados Árabes, Kwait, Qatar, Malásia, Filipinas, Taiwan, China e Itália. E ainda pelo Grupo RBS, atuou como assessor institucional e comentarista da TVCom e Rádio CBN Diário. Atualmente, Rafael Martini é assessor institucional do Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina.

Guto Kuerten

Guto Kuerten é formado em Jornalismo pela Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) em Tubarão, onde nasceu e iniciou a carreira. Naquela mesma cidade, trabalhou na assessoria de comunicação da Prefeitura, foi repórter do jornal Diário do Sul e repórter, editor de fotografia e editor-chefe do jornal Notisul.Na sequência, foi repórter e fotojornalista do Jornal da Manhã, em Criciúma. Na mesma época, atuou como freelancer do jornal Folha de São Paulo. Em 2006, veio para Lages, onde atuou na sucursal do Diário Catarinense. Dois anos depois, foi transferido para a sede do DC em Florianópolis, onde além de fotojornalista era também repórter multimídia.

Ao sair do Grupo RBS, Guto foi para a Assembleia Legislativa de Santa Catarina, onde atuou como assessor da Presidência e coordenou a comunicação da Conferência Mundial de Empresas Juniores e dos atos fúnebres das vítimas da tragédia com o avião da Chapecoense.Guto Kuerten foi vencedor ou finalista de 12 importantes concursos estaduais e nacionais de Jornalismo, como os Prêmios Esso e Vladimir Herzog. Atualmente, Guto é assessor de comunicação do deputado estadual Jerry Comper.