Secretaria Municipal da Saúde necessita urgentemente de um competente porta-voz

A imprensa lageana está sentindo  dificuldades para manter contato com o pessoal do primeiro escalão da  Secretaria Municipal da Saúde no que tange às informações sobe prevenção e combate ao novo Coronavírus em Lages. O prefeito Ceron, é um autentico líder; porém, no momento deve está cauteloso. Os profissionais de imprensa estavam acostumados com ex secretária Odila Waldrich, que, sempre esteve  à disposição para prestar informações detalhadas sobre qualquer tema que envolvia a saúde pública. No momento, é notório que, pode até existir uma pré disposição de fazer o melhor; porém, percebe-se a falta de liderança e comando naquela Pasta com a saída da ex titular da Pasta. Faz-se necessário, uma pessoa que, pelo menos seja capaz de esboçar uma atuação parecida ao do Ministro da Saúde Henrique Mandetta que saiba dialogar, e seja competente nas explicações técnico científicas. O material de informação da Secretaria da Saúde tem sido questionado, pois é muito limitado. Não existe uma participação ao vivo com detalhes didáticos capaz de dar tranqüilidade e conhecimento à comunidade local. É preciso que, os profissionais que estão na retaguarda, tenham a capacidade de familiarizar-se com o tema, e sejam capazes de bem informar a população lageana. Quem sabe não é a vez de Claiton Camargo, substituto de Odila Waldric, ser o novo Mandetta da Secretaria Municipal da Saúde. Se essa incumbência também caberia ao vice prefeito? É possível que sim, pois ele já foi secretário da Saúde, muito embora na sua época não tenha acontecido nenhuma Pandemia. É uma questão de ver para crer! Toda a imprensa tem conhecimento da excelente equipe existente na Secretaria da Saúde. A colocação não é para desmerecer ninguém, muito pelo contrário, é apenas para sugerir que as informações sejam amplas, de fácil assimilação ao conhecimento da população.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!

Deixe um comentário