//Projeto Lages Melhor e Escola de Artes da Fundação Cultural retornam com as atividades

Projeto Lages Melhor e Escola de Artes da Fundação Cultural retornam com as atividades

Alunos e instrutores retornaram com vontade de fazer mais cultura

As atividades da Escola de Artes da Fundação Cultural de Lages Elionir Camargo Martins e do Projeto Lages Melhor retornaram na última segunda-feira (2 de abril). Segundo o superintendente da Fundação Cultural (FCL), Giba Ronconi, a proposta é aumentar o número de alunos na Escola e estabelecer mais parcerias nas comunidades com o Lages Melhor. “Tivemos um ótimo 2017 não só em números, mas a participação  em eventos por toda a cidade foi intensa. São mais de mil pessoas assistidas pela Escola e pelo projeto. Neste ano estamos aumentando a oferta de núcleos do Projeto Lages Melhor, teremos mais atividades na Praça do CEU, levaremos cursos para a comunidade da Penha e do Salto Caveiras”, informa.

Para o instrutor de violão da Escola de Artes, Álvaro Xavier, o ano será de continuidade para as turmas que desenvolveram um trabalho de excelência em 2017. “No passado conseguimos grandes avanços, principalmente na participação dos alunos em eventos como o Salão do Livro, por exemplo. Nossas crianças tocaram ao lado do Dado Villa Lobos, e isso ficará na memória para sempre. Para esse ano a expectativa é ótima, a procura pelas aulas intensificou, é legal saber que tem tanta gente que quer se aproximar mais da música. Acredito que no futuro teremos vários artistas de muita qualidade que saíram da Escola de Artes”, opina.

A Escola de Artes da Fundação Cultural de Lages oferece os cursos de acordeon, balé, coral, desenho, musicalização, pintura, teatro, teclado, técnica vocal, street dance, violino e violão.

O Projeto Lages Melhor também iniciou suas atividades em seis núcleos e as atividades do novo polo de Santa Terezinha do Salto terá sua programação anunciada em breve, assim como a Praça do CEU. Veja a lista de cursos e comunidades assistidas pelo Projeto Lages Melhor:

Guarujá – balé e street dance;

Habitação – balé, coral, street dance e violão;

Penha – balé, street dance e violão;

Santa Mônica – balé, coral, street dance e violão;

São Paulo e São Francisco – balé, street dance e violão;

Santa Terezinha do Salto – balé e violão;

Vila Maria – balé e street dance.

Para mais informações sobre os cursos da Escola de Artes e do Projeto Lages Melhor, basta ligar para o número 3224 87 08.

Fotos: Fabrício Furtado