//Usuários de ônibus reclamam da inexistência de abrigos

Usuários de ônibus reclamam da inexistência de abrigos

Essa não é a primeira vez que aqui denunciamos a inexistência de abrigos em vários pontos de ônibus da cidade de Lages. De responsabilidade da secretaria municipal de Serviços Públicos e do Meio Ambiente, o que não se sabe é por qual motivo que, às vezes retiram alguns abrigos para reformar e não trazem de volta para propiciar ao usuário mais conforto e segurança enquanto esperam por ônibus da Transul. Como por exemplo, a diarista de 65 anos, Terezinha Goulart, que há mais de quatro meses tem por necessidade tomar ônibus no ponto da avenida Presidente Vargas, o primeiro no sentido centro/bairro, ao lado da empresa Luciano Motos,(CIA LTDA), o qual nunca teve um abrigo sequer, onde serviria, em tese, para que os usuários pudessem se proteger das intempéries. Assim como essa reclamação, as de outros usuários, já foram feitas por este veículo de comunicação e de outros órgãos de imprensa; porém, a secretaria municipal de Serviços Públicos e do Meio Ambiente não tomou providências. Espera-se que, desta vez, pelo menos, dita instituição informe o motivo, pelo qual está deixando de atender os usuários do transporte coletivo urbano, ao deixar de colocar abrigos nos devidos pontos de ônibus.