//Semana da Indústria trata de desenvolvimento de competências e soluções para setor  

Semana da Indústria trata de desenvolvimento de competências e soluções para setor  

Depois de falar da atuação das mulheres e dos jovens empreendedores, chega a vez de tratar de saúde e segurança do trabalho com a criação de um núcleo.

A Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) está trazendo temas muito atuais à discussão durante a Semana da Indústria. O evento tem o intuito de promover a integração entre industriais, trabalhadores, alunos e comunidade em geral e reforçar o compromisso da Federação e de suas entidades no desenvolvimento de competências e soluções à indústria catarinense. A criação do Núcleo de Saúde e Segurança do Trabalho, em parceria com a Associação Empresarial de Lages (Acil), está marcada para a noite desta quinta-feira (24), às 18h30min, na Acil.

Essa é uma proposta da Fiesc, por meio do SESI de ter em todas as 16 regiões onde atua um núcleo que debata sobre o tema na perspectiva que sejam permanentes e de relevância crescente na pauta dos líderes empresariais e governamentais. Na mesma oportunidade ocorre uma palestra para tratar do impacto do E-social, um sistema informatizado do governo federal que receberá as informações trabalhistas, previdenciárias e ficais das empresas.  Três jovens empreendedores tiveram a oportunidade de contar para outros sobre suas trajetórias profissionais para que se tornem mais criativos, cooperativos, responsáveis e abertos para o novo.O arquiteto e vice-presidente do Conselho Estadual de Jovens Empreendedores de SC na Serra Catarinense, Malek Ráu Dabbous, falou sobre o associativismo e oportunidade de voltar à cidade natal para empreender junto com seu pai. “É preciso acreditar nos seus objetivos e ver as coisas com outro olhar, como a chance de empreender em Lages”.A responsável pelo setor de recursos humanos da empresa Vossko do Brasil, Paula Mendes Juschaks, também falou nessa mesma linha, porém com um discurso mais voltado ao desenvolvimento das competências individuais e crescimento profissional.  Pedro Ceron, coordenador da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Jovem, apresentou a dinâmica da solidariedade, coletividade e o bem comum para mostrar que o jovem precisa estar em grupo para se reconhecer como potencial.Durante a Semana da Indústria, organizada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Serviço Social da Industria (Sesi) e Instituto Euvaldo Lodi (Iel), já houve momento para falar sobre como a mulher pode se preparar e contribuir com as mudanças tecnológicas e de inovação e desenvolver suas competências e habilidades socioemocionais. A ideia foi trazer para a reflexão às questões de igualdade dos gêneros.

Catarinas Comunicação