//Homem acusado de matar com panela de pressão será julgado nesta terça

Homem acusado de matar com panela de pressão será julgado nesta terça

A partir das 10h desta terça (4), um homem irá a júri popular em Lages acusado de homicídio qualificado. Em maio de 2018, conforme denúncia feita pelo Ministério Público, ele teria matado outro homem com golpes de panela de pressão e pedradas por conta do término da droga que consumiam. A sessão é aberta ao público e será presidida pelo juiz Geraldo Corrêa Bastos.

O fato ocorreu em um beco no bairro Universitário. Além dos dois, havia uma terceira pessoa. Eles estavam bebendo e fazendo uso de entorpecentes. Depois de discutirem pelo término da droga, o réu atingiu a vítima na região da cabeça, o que foi a causa da morte.

Veja matéria do crime!

https://www.noticianoato.com.br/policia/9224-homem-e-morto-a-pedradas-em-panelada-no-bairro-universitario

Em novembro, estão pautadas outras três sessões

No dia 12, três homens são acusados de tentativa de homicídio qualificado pelo motivo torpe e surpresa. Em dezembro de 2017, eles teriam agredido a vítima com chutes e socos em um posto de combustível e desferido um tiro contra ele por suposta participação na morte do irmão de um dos denunciados.

Um grupo de seis réus será julgado por homicídio duplamente qualificado no dia 19. Na denúncia do MP, eles são apontados como responsáveis pela morte de um homem, integrante de facção rival, em crime ocorrido no ano de 2016 na rua Frei Silva Neiva, no bairro Morro Grande, em Lages.  Múltiplos golpes de tijolo, telha e pau foram desferidos na região da cabeça da vítima.

Na última sessão pautada para novembro, no dia 26, haverá o júri de um homem acusado de tentar matar a ex-mulher a tiros dentro de ônibus. O crime ocorreu em outubro de 2018 na Avenida Presidente Vargas. Ele responde por tentativa de homicídio qualificado por feminicídio, motivo fútil e perigo comum.

NCI/TJSC – comarca de Lages