Dupla que roubou celular para trocar por droga é condenada na comarca de Lages

O juiz Geraldo Corrêa Bastos, titular da 1ª Vara Criminal da comarca de Lages, condenou o vulgo Tom, Emerson Ouriques de 26 anos, e Eriton Borges, vulgo Pito, de 22 anos, a penas individuais de cinco anos e seis meses por roubo. Os réus usaram uma arma branca para ameaçar a vítima a entregar um celular. A mulher falava ao aparelho com a filha quando foi abordada em frente a uma instituição de ensino, em fevereiro deste ano.

Para se aproximar, um dos acusados pediu um cigarro à mulher. Em seguida, anunciou o assalto. Os dois seguiram juntos para um matagal. Com o rastreamento do aparelho, a polícia os encontrou no mato prestes a consumirem a droga negociada em troca do celular roubado.

Os homens não tinham antecedentes criminais e um deles confessou a participação no crime. Ambos estavam presos desde a data do fato e devem cumprir a pena em regime semiaberto. O magistrado negou aos sentenciados o direito de aguardar em liberdade o julgamento de eventual recurso (Autos número 5003134-86.2020.8.24.0039).

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!

Deixe um comentário