//Mulher é morta com golpes de bomba de chimarrão

Mulher é morta com golpes de bomba de chimarrão

Uma mulher, de 34 anos, foi morta na Zona Norte de Porto Alegre, após ser atingida com dois golpes de bomba de chimarrão (instrumento de aço inoxidável usado para beber a água). O crime aconteceu na manhã do último domingo (5). Ela foi levada ao Hospital Cristo Redentor, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no dia seguinte.

De acordo com a delegada Tatiana Bastos, da 1ª Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM), o suspeito, de 34 anos, é ex-namorado da vítima. Ele teria invadido a casa dela na Vila Ramos, no bairro Santa Rosa de Lima, por volta das 7h.

“Eles estavam num processo de término de relacionamento. Ele não estava aceitando e invadiu a casa. Discutiram, ele quebrou vários objetos dentro da casa e aí iniciaram as agressões físicas com socos, pontapés, chutes e garfada. Ela gritou, pediu ajuda, e uma vizinha tentou intervir, mas ele acabou matando com duas estocadas de bomba de chimarrão”, explicou a delegada.

A mulher foi atingida no pescoço e no abdômen. A causa da morte será investigada pela polícia.

O suspeito foi preso em flagrante e segue detido. Conforme a polícia, ele possui antecedentes por outros crimes.

O casal, segundo a delegada, teve um relacionamento de cinco anos. Porém, não moravam juntos e não tinham filhos. A vítima não havia pedido uma medida protetiva de urgência.

Fonte: G1