//Policial militar da reserva é condenado por morte de companheira em Itapema

Policial militar da reserva é condenado por morte de companheira em Itapema

O policial militar Luis Fernando Palhano Lopes, da reserva acusado de matar a própria mulher, Karla Silva de Sá Lopes, em 2017, foi condenado nesta quinta-feira (20/2) durante sessão do Tribunal do Júri da Comarca de Itapema. As penas, somadas, totalizam 20 anos de reclusão, inicialmente em regime fechado, por homicídio triplamente qualificado – feminicídio, motivo torpe e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima – e ocultação de cadáver. A sessão do júri ocorreu na Câmara de Vereadores de Itapema e foi presidida pelo juiz Marcelo Trevisan Tambosi.